Citação

Os Impostores (A Garota do Cemitério #1) – Charlaine Harris, Christopher Golden

Oi, oi, gente!

Esse ano, eu e as meninas do Canal Literamigas tivemos o grande prazer de passar na seleção de parceria da linda da Editora Valentina! A cada mês, nós podemos solicitar dois livros para resenha e, nesse mês, eu e a Pam fizemos nosso primeiro pedido! ❤

O meu escolhido foi, na verdade, uma HQ: a primeira publicada pela Editora Valentina e lançada esse ano! Ela se intitula “Os Impostores” (2017, 128 páginas), e é o primeiro volume de uma trilogia chamada “A Garota do Cemitério”, escrita por Charlaine Harris e Christopher Golden, com os traços por Don Kramer.

os impostores a garota do cemiterio hq livro editora valentina

A HQ conta a história de uma garota que acordou ferida e quase morta, em meio ao cemitério, sem qualquer lembrança de sua identidade, de quem a jogou lá para morrer ou mesmo do porquê. Ela tem apenas algumas lembranças de ter sofrido várias agressões momentos antes de ser jogada no Cemitério Dunhill. Assim, com medo de sair do local e ser reconhecida por seu agressor, a menina começa a viver no lugar, saindo ocasionalmente para roubar comida para poder sobreviver. Inspirada em nomes cravados nas criptas e lápides, ela escolhe um novo nome para si: Calexa Rose Dunhill.

Com o tempo, Calexa descobre que possui uma estranha capacidade: ver as almas se desprenderem de seus corpos partindo desse plano para outro. Porém, certa noite, Calexa presencia um grupo de jovens praticando um sinistro ritual de magia negra. O que começa como uma “brincadeira” acaba tomando um rumo totalmente inesperado: após um ato insano, uma das jovens morre. Quando o espírito da vítima abandona o corpo, ele entra em Calexa, atormentando sua mente com visões e lembranças que não pertencem a ela.

Agora, Calexa deve tomar uma decisão: continuar escondida para se proteger – afinal, alguém acredita que ela está morta – ou sair das sombras para trazer justiça ao angustiado espírito que foi até ela em busca de ajuda.

os impostores a garota do cemiterio hq livro editora valentina 1

O que achei:

Já fazia algum tempo que essa HQ estava na minha lista de desejados e fiquei muito feliz por tê-la lido em parceria com a Editora.

“Os Impostores” é uma HQ bem fininha e, nas suas poucas páginas, somos apresentados a uma personagem extremamente cativante e a um enredo que nos intriga, sendo impossível parar de ler até se chegar nas últimas páginas (e estou falando aqui de ler tudo em menos de um dia). Por se tratar de uma trilogia, alguns questionamentos não são respondidos e pontas ficam soltas para serem exploradas no próximos volumes.

Aqui, nós temos uma espécie de apresentação ao universo de Calexa e acompanhamos sua evolução e forma de lidar com o fato de que ela praticamente é uma pessoa que não existe. Ninguém procura por ela e ela não consegue se lembrar quem é. Mas um fato é inegável: alguém a quer morta. E, se não há ninguém desesperado à sua procura, o vilão da história só pode se tratar de alguém íntimo, seja um familiar ou amigo.

Em meio a esse primeiro plot, presenciamos também uma situação super bizarra em que um grupo de jovens brinca com magia negra, que gera péssimas consequências. Calexa se vê envolvida nessa situação e precisa, então, lidar não só com a confusão que está a sua vida, mas também com a decisão de fazer ou não justiça a uma vítima inocente.

os impostores a garota do cemiterio hq livro editora valentina 2

Para quem está acostumado com textos em prosa, uma HQ pode ter um enredo rápido demais, sem o detalhamento necessário para a compreensão da história. Estou habituada a ler quadrinhos, HQs e mangás, mas, confesso, senti muito disso em “Os Impostores”. Em momentos de fuga, a rapidez na passagem do tempo caiu como uma luva. Mas, em situações onde necessitávamos de maior compreensão dos fatos, acredito que faltou um pouco mais de conteúdo para tudo fazer sentido.

Além da Calexa, existe um outro núcleo de personagens secundários que é adorável, composto por dois idosos que são os únicos que sabem da existência da menina e agem como protetores. Só senti falta de uma profundidade maior mostrando como ela começou a se envolver com eles mas, fora isso, achei tudo lindo!

Ainda assim, a HQ me impressionou bastante. Os traços de Don Kramer são grossos e a escolha das cores, mais escuras e fechadas, deu o toque ideal de mistério que o enredo estava pedindo (coloquei algumas imagens das páginas aqui no post para vocês terem essa percepção). A história toda é, de fato, sombria, e tudo na edição nos levou a criar esse clima, embora não se trate de uma HQ de terror.

Sobre a edição, meus parabéns a Editora Valentina! Todas as páginas são de ótima qualidade, naquele papel que parece próprio para fotografias. A impressão e revisão estão impecáveis também! Só sei que curti bastante e dei nota 4! Estou ansiosa pelos próximos volumes para finalmente saber quem a Calexa é de verdade e se ela resolverá outros casos sobrenaturais!

Mas e vocês, já leram essa HQ? Gostaram assim como eu? Se não leram, ficaram interessados em conhecê-la?

Beijos a todos e até a próxima!

Para saber o que estou lendo, me adiciona no Skoob! 😉

Assista a resenha em vídeo no Canal Literamigas!

Anúncios
Estado

101 Coisas em 1001 Dias

Oi, oi, gente!

Se tem uma coisa que eu amo fazer são listas, metas de vida e planejamento de coisas que eu quero realizar no futuro! Organização é totalmente a minha vibe, mas nos últimos dias acabei dando uma relaxada nesse aspecto da minha vida e, sim, isso tem me deixado muuuito desconfortável comigo mesma.

dreams pote de sonhos.jpg

Aí, ontem, lembrei que, em 2012, fiz um projeto muito bacana chamado 101 Coisas em 1001 Dias que me deixou super motivada! Na época, minha vida praticamente girou em torno das metas, andava com uma versão impressa pra cima e pra baixo e era maravilhosa a forma como conseguia me organizar e dar conta de várias coisas, além de focar em sonhos que eu imaginava que não ia realizar tão cedo. Pensando nisso, resolvi tentar de novo! ❤

O nome do projeto é autoexplicativo, mas, pra quem nunca ouviu falar, ele consiste em traçar 101 metas, realistas e mensuráveis, que você queira realizar em 1001 dias, o que é algo em torno de 2 anos e 9 meses. Existia um site e uma organizadora oficial, mas ele está fora do ar há algum tempo e a página do Facebook desatualizada. Mesmo assim, o que importa é participar! Você pode construir essa lista da forma que quiser, mas eu optei por dividir por categorias: assim fica mais fácil pra mim e meu senso de organização, rs. Então vamos lá pra minha super listinha de metas!

Projeto 101 Coisas em 1001 Dias – Versão 2017

Início: 01/09/2017 | Término: 28/05/2020

Status:

Metas realizadas

Metas em andamento

Metas não cumpridas ou que desisti de fazer


Metas Pessoais e de Saúde

  • Ter meu próprio lar, decorado do meu jeito
  • Tirar minha carteira de motorista
  • Fazer um check-up anual (1/4)
  • Agendar consultas com todos os especialistas que preciso ao menos uma vez por ano (dentista, oftalmologista, dermatologista, ginecologista, ortopedista…)
  • Fazer uma refeição completa, sozinha, e servir pra minha família
  • Fazer um bolo de morango dos deuses
  • Caminhar pelo menos 3 vezes por semana durante meia hora até o final do projeto
  • Fazer algum tipo de tratamento para o joelho e a coluna
  • Tomar refrigerante no máximo uma vez por semana ou não tomar, durante cinco meses – e levar pra vida!
  • Comer uma fruta por dia durante um mês – e levar pra vida!
  • Fazer teste alérgico alimentar
  • Ir a um psicólogo ou terapeuta

Moda, Beleza e Cuidados Pessoais

  • Renovar meu guarda roupa (nem lembro a última vez que fiz compras pra mim)
  • Renovar meus sapatos (doei 70% deles mês passado e os que sobraram estão velhinhos)
  • Renovar meu estoque de maquiagens e comprar TUDO hipoalergênico
  • Aprender a me maquiar
  • Fazer minha primeira tatuagem
  • Fazer o terceiro furo nas orelhas
  • Emagrecer pelo menos 8kg e manter meu peso assim até o final do projeto
  • Fazer um pacote de sessões de massagem modeladora ou drenagem linfática
  • Fazer um Spa Day com a minha mãe ou irmã ou as duas
  • Usar hidratante todos os dias antes de dormir durante um mês – e levar pra vida!
  • Ir ao salão regularmente de três em três meses cuidar dos cachos
  • Pintar o cabelo (nunca fiz isso na vida!)
  • Fazer as sobrancelhas no salão com micro pigmentação

Metas Literárias e para o blog

  • Ler 100 livros em um ano, começando em 2018 (0/100)
  • Ler pelo menos um livro em inglês por mês, começando em 2018 (0/12)
  • Ler todos os meus livros adquiridos antes de 2015
  • Ler todos os livros da Jojo Moyes já publicados
  • Ler a Bíblia
  • Ficar pelo menos cinco meses seguidos sem comprar livros
  • Manter todas as minhas resenhas em dia (e publicar todas as atrasadas)
  • Alcançar 6k no Instragram
  • Alcançar 5k junto com as meninas do Canal Literamigas
  • Alcançar 2,5k na Fanpage
  • Criar um cronograma de postagens e cumpri-lo religiosamente a partir de 09/2017
  • Passar em seleções de parcerias de ao menos duas editoras
  • Gravar um vídeo para a fanpage e ver qual a recepção dos seguidores
  • Profissionalizar o blog e as redes sociais
  • Ter um layout e uma logo profissionais para o blog
  • Retomar o domínio .com

Organização

  • Organizar todas as minhas contas e documentos em pastas
  • Comprar álbuns de fotos padrão e organizar todas as minhas fotos que estão encaixotadas
  • Revelar fotos antigas e guardar de recordação em álbuns
  • Organizar todos os meus arquivos no computador e eliminar o que for desnecessário
  • Responder meu Q&A, sem esquecer nenhum dia, durante um ano, começando em 2018
  • Comprar um organizador grande para o quarto e colocar ao lado da escrivaninha
  • Trocar meu cesto de roupas por um maior
  • Encontrar uma forma melhor de organizar meus sapatos
  • Fazer uma super faxina a cada semestre me livrando de tudo que não usei durante esse período

Metas Profissionais e de Aprendizagem

  • Ter um negócio próprio (e de preferência próspero!)
  • Fazer mestrado ou outra especialização na minha área
  • Aprender uma nova língua estrangeira (ou aperfeiçoar meu francês)
  • Rever lições de inglês pelo menos uma vez por semana
  • Aprender a fotografar ou fazer um curso de fotografia mesmo que seja online
  • Dominar o Corel Draw e aprender a editor fotos no Photoshop
  • Aprender a editar vídeos
  • Aprender a cozinhar usando diversos temperos diferentes
  • Ensinar o Luan a falar inglês

Viagens e Turismo

  • Tirar meu passaporte
  • Viajar para o exterior
  • Conhecer uma nova cidade
  • Me hospedar em um hotel
  • Viajar em um cruzeiro com a minha família
  • Conhecer a neve!
  • Passar um fim de semana em um lugar remoto e totalmente desconectada
  • Ir com o Luan para o Rock in Rio ou algum show de uma banda que a gente gosta

Entretenimento e Lazer

  • Ir ao cinema ao menos uma vez por mês durante um ano (0/12)
  • Fazer uma super festa temática nos meus 30 anos (27/10/2018)
  • Ir em alguma Bienal
  • Fazer um piquenique com a família
  • Assistir a todos os DVDs de filmes e boxes de série que eu tenho
  • Terminar um quebra cabeça de 3000 peças
  • Fazer uma sessão de fotos na praça
  • Zerar pelo menos 3 jogos por ano (0/6)
  • Terminar de pintar meu livro de colorir Floresta Encantada
  • Marcar a famosa pizza que nunca saiu com meus amigos da faculdade
  • Provar uma culinária ou prato típico de algum lugar que ainda não conheço
  • Assistir 20 filmes clássicos ou populares que todo conhece menos eu (0/20)

Sonhos de Consumo

  • Comprar um tablet ou um netbook
  • Comprar um carro
  • Comprar um videogame novo (Nintendo Switch e/ou XBOX One e/ou PS4)
  • Comprar um mini projetor (para meus eventos literários)
  • Comprar uma cama nova, maior e mais confortável
  • Comprar um novo armário de roupas, maior que o atual
  • Comprar uma cadeira nova e super confortável pra escrivaninha
  • Comprar uma mega luminária para a escrivaninha
  • Trocar meu teclado por um muito melhor
  • Trocar meu celular por um mais avançado em 2019
  • Comprar uma GoPro

Boas Ações

  • Separar e doar roupas, calçados e livros a cada semestre (0/6)
  • Doar, a cada mês, a quantia que eu puder para uma ONG que cuide de animais (0/33)
  • Fazer uma feira de arrecadação de livros e doar para escolas ou projetos
  • Ser Papai Noel dos Correios durante os próximos anos (0/3)
  • Participar como voluntária em algum projeto social

Metas Aleatórias

  • Colocar um mural de recados de metal ou cortiça no quatro
  • Pendurar pôster com capa de livro entre minhas prateleiras
  • Descobrir o que fazer para reaproveitar minha coleção de pedras semipreciosas (e fazer!)

Financeiro

  • Pagar todas as minhas contas em dia enquanto durar o projeto
  • Depositar o que sobrar do meu salário na poupança todos os meses
  • Juntar todas as moedinhas que eu encontrar e trocá-las todo fim de ano (0/3)

Ufa! Foi difícil montar essa lista, haha! Mas espero que eu consiga cumprir a grande maioria desses itens (e porque não todos?) dentro do prazo estabelecido! Vou fixar o post no menu aqui do blog pra ter fácil acesso a minha listinha e pra vocês acompanharem meu andamento. A medida que for cumprindo, vou contando pra vocês como foi realizar aquela atividade, que acham? 😉

Vocês já conheciam esse projeto? Se empolgaram pra participar ou acabam esquecendo metas determinadas a longo prazo? Me digam aí o que vocês acham e, se forem participar também, não esqueçam de colocar aqui o link do post de vocês! Vou adorar acompanhar cada conquista! ❤

Beijos e até a próxima!

 

Citação

Segredos de Uma Noite de Verão – Lisa Kleypas

Oi, oi, gente!

Esse mês, como mostrei pra vocês no post de Book Haul, recebi de cortesia da Editora Arqueiro o quinto e último livro da série de romance de época “As Quatro Estações do Amor”, da autora Lisa Kleypas, e aproveitei que finalmente estou com a coleção completa para resenhá-los aqui para o blog!

capa Segredos de uma noite de verao_16mm.indd

O primeiro livro da série se chama “Segredos de uma Noite de Verão” (Editora Arqueiro, 2015, 288 páginas) e possui a seguinte sinopse:

Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz.
As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon… e descobre que o amor é um jogo perigoso.
No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.

Annabelle Peyton, apesar de ser muito bonita e encantadora, com seus longos cachos dourados, nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Ou melhor, o rico e poderoso Simon Hunt parece ser o único interessado para tirá-la para uma valsa, mas Annabelle despreza completamente o rapaz e sempre declina seus convites.

Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar um marido com título, mas essa missão torna-se cada vez mais difícil, pois ela não tem um dote para oferecer. Após o falecimento de seu pai, Annabelle vê a família passar por uma situação bastante delicada financeiramente. Logo, amor acaba não sendo o fator decisivo na busca de um par e encontrar um marido aristocrata pode ser a única solução para todos os seus problemas.

Certa noite, em um dos bailes da temporada, ela conhecer outras três meninas que têm a solteirice em comum. O quarteto, formado por Annabelle, Lilian, Evie e Daisy, logo se une e elas se tornam grandes amigas. Juntas, as quatro dão início a um plano para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle, mais velha delas.

No entanto, o Sr. Hunt parece estar sempre nos caminhos de Annabelle. Mas toda essa admiração e persistência pela moça a levam a crer que ele não tem a intenção de levá-la para o altar, apenas tê-la como amante e nada mais. Decidida a rejeita-lo, ela e suas novas amigas tentam encontrar alguém mais apropriado para ela, com títulos e de família nobre. Só que é cada vez mais difícil resistir à sedução de Simon, especialmente depois de se entregar aos seus beijos.

“[…] Para o desconforto de Annabelle, ela não conseguia desviar o seu olhar do dele. Parecia que uma sensação sutil de reconhecimento ocorrera entre os dois – não como se tivesse se encontrado antes, mas como se tivessem chegado perto um do outro várias vezes até que por fim um destino impaciente forçara seus caminhos a se cruzarem.” 

O que achei:

Amo romances de época! ❤ Esse foi o primeiro livro da Lisa Kleypas que li e fiquei muito feliz por ter finalmente conhecido essa autora maravilhosa! A escrita dela é uma delícia, e o livro flui super bem! Em nenhum momento me senti entediada ou com vontade de largar. Pelo contrário. A cada página virada, queria mais e mais de Annabelle e Hunt! Os protagonistas são incríveis, embora se trate de um romance de época com enredo clichê, com casal “gato e rato” e final feliz – como a grande maioria dos livros desse gênero.

Annabelle é linda e culta, apesar do estado de pobreza no qual se encontra. Como vocês sabem, naquela época não era aceitável que as mulheres trabalhassem. Logo, o único interesse dela é arrumar um marido rico, independente dos sentimentos que existissem – ou não – entre eles. Isso porque a família ficou bastante endividada com a morte de seu pai, e Annabelle precisa arcar não só com as despesas da família, mas com os estudos de seu irmão. Além disso, um homem asqueroso, que se dizia amigo da família, acaba tirando proveito da mãe da moça com essa situação. Nossa mocinha é forte e orgulhosa, inteligente e ácida, com comentários afiados sempre na ponta da língua.

Simon é um mocinho incrível! Embora rústico, filho de açougueiro, o rapaz ascendeu socialmente após fazer riqueza investindo no comércio. Mas, infelizmente, naquela época, os comerciantes eram vistos apenas como “novos ricos”. Sem títulos, não eram respeitados nos círculos sociais mais restritos; apenas tolerados. Seu melhor amigo, no entanto, era um lorde, o que garante ao rapaz convites para os maiores bailes da aristocracia.

Após um encontro no passado com Annabelle e um reencontro no presente, ambos sabem que existe entre eles uma grande atração, mascarada pelo desprezo de Annabelle e pelos terríveis modos de Simon. A descoberta dos dois é encantadora. A entrega, o romance, a confissão, o cuidado… Tudo entre eles é lindo e foi super bem dosado – inclusive os momentos hot do livro, que são de tirar o fôlego de tão intensos (e nada grotescos).

Adorei o fato de a personalidade forte de Annabelle ser o principal atrativo dela para Hunt. Ele a trata de uma forma incrível, sem ter tanto aquela visão de que mulheres não podiam se meter em certos assuntos. Ele não só fala de negócios na frente dela (o que não era aceitável no período), como permite que ela faça perguntas sobre seu ofício, explicando para ela como as coisas funcionam no mercado. Além disso, apesar de Simon ser rico e bem sucedido, ele não é um aristocrata. Poucas vezes vemos mocinhos que trabalham pelo seu patrimônio, e não são ricos apenas por conta de seus títulos e linhagem.

Em contrapartida, como disse, os romances de época geralmente são previsíveis, mas, por exemplo, dizer que Simon parece estar sempre nos caminhos de Annabelle não é exagero. Há todo momento, em todas as situações difíceis ou em cada curva, lá estava ele. Essas cenas ficaram um pouquinho repetitivas. Também achei que o momento em que eles finalmente ficam juntos passou rápido demais. Gostaria de mais detalhes sobre a união. Essas foram as únicas coisas que me incomodaram no enredo, mas não foram ruins a ponto de estragar a experiência positiva que tive com o livro.

Sobre a edição física, a acho maravilhosa, como todas as edições da Arqueiro! A capa é linda e muito fofa e até mesmo a contracapa segue essa linha, com detalhes em verniz localizado. As folhas são amareladas – AMO! – e as fontes são de bom tamanho, sem cansar a vista. Para quem possa interessar, os capítulos são corridos, ou seja, quando um termina, o outro começa logo em seguida, e não em outra página (sei que tem gente que não gosta desse esquema, mas particularmente não me atrapalha).

No mais, adorei conhecer Annabelle e Hunt e logo mais trago a resenha do segundo volume para vocês, dessa vez na estação do Outono, que tem como protagonista uma das amigas de Annabelle, Lilian! Depois de ler “Segredos de Uma Noite de Verão“, você vai repensar suas definições de relacionamento ideal, rs! É pra suspirar mesmo! Recomendo bastante pra quem ama um bom romance de época! 😉

E vocês, já conhecem a autora? Amam romances de época, assim como eu? Já leram a série? Vou adorar saber o que vocês acharam!

Beijos e até o outono! 😉

Citação

Para Todos os Garotos Que Já Amei – Jenny Han

“Margot diria que pertence a si mesma. Kitty diria que não pertence a ninguém. E acho que eu diria que pertenço às minhas irmãs e ao meu pai, mas isso nem sempre será verdade. Pertencer a alguém… Eu não tinha percebido, mas, agora que estou pensando no assunto, parece que é tudo que eu sempre quis. Ser de alguém de verdade, e que essa pessoa fosse minha.” (p. 172)

Oi, oi, pessoal!

Esse ano saiu o terceiro e último livro da série “Para Todos os Garotos Que Já Amei”, por isso resolvi postar a resenha dos dois primeiros livros antes de vir com a minha opinião sobre o terceiro.

Essa série se tornou uma queridinha e eu já morria de vontade de lê-la por dois motivos: 1. as capas são fofíssimas (não tenho problemas com pessoas na capa) e 2. MUITA gente fala bem dela por aí. Era ler pra comprovar e, de antemão, já aviso que minha opinião foi super positiva!

PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI JENNY HAN“Para Todos Os Garotos Que Já Amei” foi meu primeiro livro da autora Jenny Han, publicado aqui no Brasil pela Editora Intrínseca (2015, 320 páginas). A sinopse é a seguinte:

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar. Lara Jean e suas irmãs perderam a mãe muito cedo. Ela é a irmã do meio das irmãs Song, com 16 anos. A mais velha é Margot, aquela que cuida da família e organiza a rotina de todos. A menor é Kitty, uma garotinha inteligente e engenhosa. O pai, atencioso e cuidadoso, completa o quarteto. Lara Jean e Margot tem a grande missão de cuidar de Kitty e ela três são super unidas. Margot namora Josh, vizinho deles e que é amigo de todos. Um cara simplesmente perfeito, na opinião das irmãs Song. Lara Jean o havia conhecido primeiro e eles se tornaram melhores amigos. Depois, no entanto, ela acabou se apaixonando. Deixando de lado seus reais sentimentos, afinal ele era praticamente seu cunhado, Lara Jean decide escrever uma carta de despedida para ele. Mas ela não entrega essa carta, não. Ela a guarda com carinho na caixa de chapéus que sua mãe havia deixado para ela. Tudo muda na vida de Lara Jean quando Margot decide que é hora de viver sua vida e viaja para a Escócia para cursar a faculdade, rompendo seu namoro com Josh. Pra piorar tudo, suas cartas somem, e Lara Jean descobre que elas haviam sido enviadas para todos os garotos que ela já tinha amado. Quem poderia ter feito isso? E Josh? Como ele se sentiria ao receber uma carta romântica da irmã de sua própria namorada? Quando ele e Peter Kavinsky, outro garoto que ela também amou, aparecem com as cartas em mãos querendo satisfações, tudo vira de cabeça pra baixo.

O que achei:

Já deu pra perceber que a gente vai ficar com vergonha alheia pela Lara Jean, né? Rs! Li o livro sem conhecer a sinopse e me surpreendi a cada virar de páginas!

O livro é narrado em primeira pessoa, pela Lara Jean e, honestamente, gostei muito dela (ao contrário de muitos outros leitores). Ela é como uma pessoa real, cheia de medos e inseguranças, bastante sonhadora, mas ciente das suas responsabilidades. Embora algumas atitudes dela tenham me parecido bem bobas para uma menina de 16 anos, não consegui deixar de gostar dela.

Já Margot é aquela típica personagem certinha que não me agrada muito. Ela sempre anda na linha e pareceu bastante controladora com a vida de todos, mesmo quando se muda para outro país. Kitty, a menorzinha, também não me encantou. Ela não me pareceu em nenhum momento como uma garotinha de 9 anos. Na verdade, muitas vezes ela parece mais adulta e madura que a própria Lara Jean. Também a achei muito rancorosa e maldosa pra uma criança, embora eu tenha gostado das respostas atravessadas que ela dá ao longo do livro.

Josh, por sua vez, é aquele cara perfeito que todo mundo ama. Não achei muita coisa no enredo que justificasse a admiração excessiva por ele, mas gostei do personagem. Por fim, temos Peter K, o playboyzinho mais adorável que já conheci. Adorei a construção dele que, embora seja muito implicante por um lado, por outro tem momentos sensíveis bem legais de acompanhar. Todas essas personalidades diferentes renderam uma boa história, que se encaixa perfeitamente bem. Eles são totalmente distintos, têm universos particulares paralelos com a história principal que enriqueceram ainda mais o livro e a relação entre todos eles é cheia de tensão, o que nos faz ficar ansiosos pra saber como eles vão resolver seus conflitos.

O livro gira em torno do mistério da identidade de quem enviou as cartas de Lara Jean, porém é muito fácil identificar quem fez isso. Na minha opinião, a questão das cartas foi o ponto mais negativo do livro, pois não achei tão desenvolvido quanto deveria ser. Das cinco cartas enviadas para os amores do passado de Lara Jean, apenas duas tem relevância na história toda. As outras são completamente dispensáveis, ao menos aqui, no primeiro livro.

Outro ponto negativo, como disse, foi o comportamento de Lara Jean. Em alguns momentos a achei imatura demais e, mesmo com seus 16 anos, as “desculpas” que ela arrumava pra “fugir” de certos problemas, quando na verdade acabava arrumando mais confusão ainda, eram totalmente bobas, dignas de uma criança. Apesar disso, sei que, não fossem as escolhas que ela tomou, o livro não teria como existir e ser único do jeito que é. Para aprendermos algumas coisas, fazer bobagens é imprescindível, e é justamente nesse caminho de encontrar a si mesma e desvendar seus reais sentimentos que Lara Jean está.

Acredito que o segredo de ter feito tanto sucesso está no fato de o enredo não falar apenas sobre amores adolescentes, mas sim sobre todo um contexto que envolve família, amigos, sentimentos, amadurecimento e autoconhecimento. A relação das meninas e o cuidado que elas tem umas com as outras e com o próprio pai são muito bonitos de acompanhar. Além disso, a escrita da Jenny Han é simplesmente deliciosa! Li o livro super rápido e não queria largar de jeito nenhum, pois a leitura flui de um jeito gostoso e rápido, sem entediar.

Sobre a versão física, amei o trabalho da Intrínseca. Como disse, a capa é uma lindeza e tem alguns pontos com verniz aplicado. As páginas são amareladas e a fonte é de um ótimo tamanho, que não cansa a vista. Os capítulos são curtinhos, o que garante uma leitura fluida, e os diálogos são divertidos e interessantes. Dá pra rir, se encantar, se apaixonar e ficar com água na boca também, porque tem muita, mas muita conversa sobre comida, rs.

Apesar de toda essa fofura, “Para Todos Os Garotos Que Já Amei” é um livro de clichês e bastante simples. Logo, não leiam esperando nada de revolucionário, pois não vão encontrar. Apenas abram a mente e se deixem ver o lado positivo do livro, que é entreter e proporcionar um momento super gostoso de leitura. Lá pro finalzinho ainda dá pra ficar surpreso com uma grande escolha da protagonista, que contrariou grande parte dos leitores (e que, honestamente, eu amei!).

Separei algumas das minhas quotes preferidas:

  • “(…) acho que, nas questões do coração, não dá pra prever como uma pessoa vai se comportar.” (p. 17);
  • “Eu me pergunto como é ter tanto poder sobre alguém. Acho que não quero isso; é muita responsabilidade ter o coração de uma pessoa nas mãos.” (p. 39);
  • “(…) Imagino que, se eu o apagar o bastante, vai ser como se nada tivesse acontecido, e meu coração não vai doer tanto.” (p. 293);
  • “O amor é assustador; ele se transforma; ele murcha. Faz parte do risco.” (p. 316).

elenco para todos os garotos que ja ameiRecentemente foi anunciado pela autora que teremos a adaptação do livro, então mais um motivo para conhecer a história da Lara Jean antes do lançamento! Confesso que a escolha do elenco não me agradou tanto (Jenny Han publicou a foto ao lado, com as irmãs Song, em seu Instagram), mas vamos aguardar para ver o resultado!

Recomendo de olhos vendados pra quem ama romances e não se importa com os benditos clichês! ❤ Minha nota foi 4/5. Estou bastante ansiosa pra ler o último livro da série e em breve trago a resenha do segundo volume, chamado “P.S.: Ainda amo você”.

Mas e vocês, já leram o livro? O que acharam? Gostaram ou não ficaram convencidos com o enredo? Vou adorar saber e debater com vocês!

Beijos a todos e até a próxima!

Para saber o que estou lendo, me adiciona no Skoob! 😉

Nota

Book Haul de Julho

Oi, oi, gente!

Uma categoria que sempre vai aparecer por aqui pelo blog, a partir de hoje, é o Book Haul! Para quem desconhece, essa expressão se refere a quando mostramos para vocês os livros novos que recebemos ao longo do mês e que vieram fazer parte da nossa vida! ❤

Em julho, ao contrário dos outros meses, comprei pouquíssimos livros, pois estou tentando economizar e acabar com a pilha de livros não lidos que já tenho. Minhas comprinhas foram:

AoharaidoAoharaido – A Primavera de Nossas Vidas – Io Sakisaka

Sinopse: Durante o ginasial, Futaba Yoshioka costumava ser uma estudante tímida que odiava ficar perto de garotos. No entanto, com Kou Tanaka era diferente, mas, antes que pudessem começar um relacionamento, ele sumiu sem dar notícias. Agora, no colegial, Futaba tem novos planos para sua vida escolar, que vão bem até Kou reaparecer!

Comprei esses mangás da minha amiga KeylinhaStu Reads, que estava vendendo alguns livros incríveis por um super preço – e lá estavam os 5 primeiros volumes dessa série na pilha! Não pensei duas vezes: amo mangás com essa temática e estou bem ansiosa para ler! Espero ficar apaixonada!

A PEQUENA LIVRARIA DOS CORAÇÕES SOLITARIOSA Pequena Livraria dos Corações Solitários – Annie Darling

Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”.

Confesso que amei esse livro só pela capa, que é uma graça! E também sequer li a sinopse, pois quero me surpreender com a história (embora a nota dele e as resenhas que já li não pareçam muito promissoras). Essa foi a única compra que me permiti fazer no Saraiva Day, e o pedi junto de uma compra da minha amiga LiteraPam. Foi baratíssimo na promoção, apenas R$18,00!  Esse é o primeiro livro da série de mesmo nome, que, até agora, conta com dois livros publicados no exterior.

Viu? Eu disse que foram poucas comprinhas! 😉 Em compensação, ganhei quatro lindezas da Editora Arqueiro e estou feliz da vida! Para quem não sabe, sou parceira da Editora e mediadora dos eventos dela na cidade onde moro, Macapá/AP. Olha só as lindezas que chegaram aqui:

A CASA DO LAGOA Casa do Lago – Kate Morton

Sinopse: A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre.
Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros.
A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir.
Em A Casa do Lago, Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica.

Esse lançamento me encantou! Ele veio em uma caixa maravilhosa, juntamente com um bloco de notas, lápis e botton (mostrei no Instagram). A sinopse é incrível e digna de filme – até pensei ser a novelização do filme de mesmo nome com Sandra Bullock e Keanu Reeves, mas não é, rs. Muito ansiosa para ler, mas intimidada com as mais de 400 páginas!

VOLUPIA DE VELUDO AS MODISTAS LORETTA CHASEVolúpia de Veludo (As Modistas #3) – Loretta Chase

Sinopse: Simon Fairfax, o fatalmente charmoso marquês de Lisburne, acaba de retornar relutantemente a Londres para cumprir uma obrigação familiar.
Ainda assim, ele arranja tempo para seduzir Leonie Noirot, sócia da Maison Noirot. Só que, para a modista, o refinado ateliê vem sempre em primeiro lugar, e ela está mais preocupada com a missão de transformar a deselegante prima do marquês em um lindo cisne do que com assuntos românticos.
Simon, porém, está tão obcecado em conquistá-la que não é capaz de apreciar a inteligência da moça, que tem um talento incrível para inventar curvas – e lucros. Ela resolve então ensinar-lhe uma lição propondo uma aposta que vai mudar a atitude dele de uma vez por todas. Ou será que a maior mudança da temporada acabará acontecendo dentro de Leonie?
Volúpia de veludo, terceiro livro da série As Modistas, é uma história de amor envolvente, com personagens femininas fortes e determinadas que transitam com perfeição entre o romantismo e a sensualidade.

Adoro a Loretta Chase desde a série dos Canalhas, onde apenas dois livros foram publicados no Brasil pela Arqueiro! A escrita dela é super gostosa, e estou esperando completar a coleção para poder iniciar de vez essa série que tem capas tão incríveis!

MEUS DIAS COM VOCE LIVROMeus Dias Com Você – Será que é tarde demais para mudar o destino? – Clare Swatman

Sinopse: Quando o marido de Zoe morre, o mundo dela desaba. Mas e se fosse possível tê-lo de volta?
Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho.
Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira?
Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.
A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.

Um livro que promete arrancar lágrimas e suspiros – e estou precisando MUITO disso no momento, pois faz tempo que não me conecto com um livro de forma intensa. Vou tentar encaixar na minha TBR do mês e espero conseguir lê-lo em breve. Veio acompanhado de botton e um marcador de páginas magnético super fofo.

UMA NOITE INESQUECIVEL AS QUATRO ESTAÇOES DO AMOR LISA KLEYPASUma Noite Inesquecível (As Quatro Estações do Amor #4.5) – Lisa Kleypas

Sinopse: O Natal está se aproximando e Rafe Bowman acaba de chegar a Londres para uma união arranjada com Natalie Blandford. Com sua beleza estonteante e o físico imponente, ele tem certeza de que a linda aristocrata logo cairá a seus pés.
No entanto, seus terríveis modos americanos e sua péssima reputação de farrista deixam Hannah, a prima da moça, chocada. Determinada a proteger Natalie, ela vai tornar a tarefa de cortejar a jovem muito mais difícil do que Rafe esperava.
Hannah, porém, logo começa a se importar mais do que gostaria com o rude pretendente da prima. Rafe, por sua vez, passa a apreciar um pouco demais a companhia de Hannah, uma mulher forte e pragmática com um coração doce e gentil. E quando Daisy, Lillian, Annabelle e Evie, quatro amigas inseparáveis que já conseguiram encontrar o homem de seus sonhos, decidem agir como cupidos, quem sabe o que pode acontecer?
Uma noite inesquecível é uma viagem mágica pela Londres vitoriana, com os diálogos espirituosos e personagens memoráveis que consagraram Lisa Kleypas como uma das autoras de romances de época mais aclamadas pelo público. Nesta continuação da série As Quatro Estações do Amor, os mais cínicos se tornam românticos e até os mais tímidos suspiram, arrebatados de paixão.

Sem dúvida o lançamento que mais esperei! Amo DEMAIS essa série e ela me marcou profundamente por ser tão gostosa de ler! As amigas são incríveis e estou muito feliz de poder ficar na companhia delas mais uma vez! Em breve posto aqui a resenha dos 4 volumes principais da série para poder resenhar esse spin-off. Tenho certeza que vão amar e espero convencer vocês a lerem essa beleza da Lisa!

*****

E então, o que vocês acharam das aquisições e cortesias? Já leram ou se interessaram por algum desses? Quantos e quais livros vocês ganharam ou adquiriram esse mês? Adoro pegar indicações novas! ❤

Beijos a todos e até a próxima!

Press Start

10-livros-que-podem-te-ajudar-a-ficar-rico-em-2016-notic

Oi, oi, gente!

E o Um Dia Me Livro está com cantinho novo, endereço novo e casa nova! YAY! ❤
Já tem um bom tempo que migrei do Blogger para o WordPress, porque sempre via muita gente comentando o quanto os recursos do WordPress são mais profissionais e melhores de trabalhar, apesar da facilidade do Blogger.

No período, estava com o domínio próprio .com.br, então foi beeem mais trabalhoso fazer a migração. Acontece que todos os posts antigos permaneceram, mas foram desconfigurados, o que me deixou desmotivada para organizar tudo novamente. Por conta disso e de outros projetos, acabei abandonando temporariamente o domínio e o blog. Fiquei alguns meses sem atualizar nada e estava pensando em desistir de blogar, até porque meu tempo livre pra me dedicar a ele não estava tão livre assim, rs. Além disso, eu não sentia mais prazer em fazer os posts, pois estava me cobrando algo que não era “a minha cara”. Eu queria trazer um “conteúdo blogueirinha” pra vocês, hahaha, com fotos bonitas e bem trabalhadas, e não conseguir fazer isso estava me frustrando. Aquela velha mania de se comparar com o outro e não se sentir boa o suficiente, sabe?

Mas, nos últimos dias, recebi e-mails tão carinhosos sobre o blog e duas propostas de parcerias elogiando minhas resenhas antigas que resolvi recomeçar com força total, tudo de novo, e fazer uma nova história com um novo momento do UDML! Recomeçar e fazer coisas novas é sempre gratificante, estimula muito mais nossa criatividade e dá forças e motivação pra gente fazer mais e melhor!

Estou super confiante com essa nova fase, bem mais centrada que antes e sabendo muito mais o que quero, que é simplesmente falar sobre livros e minha experiência com eles, além de contar pra vocês o que ando assistindo ou jogando, por exemplo. Eu não tenho talento para fotos maravilhosas, nem tempo, lugar e iluminação própria para tirá-las, portanto vocês não verão esse conteúdo aqui, mas não tem problema: apesar de não ser profissional, uma coisa que nunca faltou nos posts do blog foi amor, principalmente pela escrita e por saber que tinha alguém aí tirando um tempinho do seu dia pra ler o que escrevi! ❤

Em outros momentos, também usarei do meu / nosso cantinho pra falar sobre outras coisas que não envolvam necessariamente os livros, séries e jogos, mas assuntos pessoais e tantos outros que vierem a cabeça, no maior estilo blogueira raiz, sabe? Rs! O jeitinho certo de fazer as coisas é o nosso jeito e nunca devemos abandonar os projetos pessoais que nos fazem feliz!

Os posts antigos dos primórdios do UDML, desde a criação lá no dia 05/09/2013, serão aos poucos repostados aqui, mas repaginados e mesclados com conteúdo novo. Espero que vocês curtam bastante esse novo cantinho, se identifiquem e consigam aproveitar as indicações, tanto literárias quanto cinematográficas! 😉

Não esqueçam que estou em todas as redes sociais e vocês também podem me perseguir por lá:

  • Na fanpage do Facebook, compartilho as atualizações do blog, eventos literários locais promovidos pelo blog, posts de interação com vocês e novidades de publicação das editoras;
  • No Instagram, atualizo por meio de fotinhos o meu dia a dia literário;
  • No Twitter, falo abobrinhas sempre que dá na telha, rs;
  • No Skoob, vocês acompanham o que estou lendo e meus livros novos.

O que acharam da mudança? Beijos a todos e até a próxima! ;*